Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

03
Set15

As tabernas

Uma coisa é certa, eu e os meus amigos não somos muito originais quando vamos jantar fora, vamos sempre mais ou menos aos mesmo sítios e comemos sempre mais ou menos os mesmo pratos. O próximo jantar, vai ser o jantar de "despedida" visto que vamos embora e alguns de nós não nos vamos ver durante algum tempo, como é óbvio fomos ao nosso novo favorito, uma taberna. Eu adoro o conceito das tabernas, pequenos petiscos e um ambiente familiar, adoro tudo desde moelas, pica-pau, linguiça, amêijoas, alheira, queijo, presunto, pão ( vocês não sabem o que eu gosto de pão, por isso é que me custa tanto estar em dieta!), e muitas outras coisas boas que se encontram nestes lugares, faz muito mal à saúde, mas muito bem à alma! E vocês, o que acham das tabernas?

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

counter

Podes encontrar-me em:

Follow