Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

31
Mai15

Era uma vez...

... há muitos, muitos anos atrás um desafio que me foi passado pela Camellia, a quem agradeço. Achei este desafio muito engraçado por isso aqui vai:

18224833_lgq4o.png

Regras

  • Responder a todas as perguntas.
  • Nomear 5 blogs ou fazeres por ti mesmo e comentar no blog onde viste a Tag.

Há quanto tempo tens o teu blog?

Está quase quase a fazer dois anos, mas antes deste tive outro blog que durou três anos!

Em que dia é que o teu blog foi criado?

Dia 3 de Julho.

Sem ires ao painel, quantas visualizações tens, aproximadamente?

3650, são na verdade 3710.

Sem ires ao painel, quantos comentários tens, aproximadamente?

722, eram na verdade 756!

Quantas mensagens publicadas tens?

122 

Quantos seguidores tens?

85 seguidores!!

Quem mais sabe da existência do teu blog?

Muita gente sabe que tenho um blog, mas muito poucas têm acesso ao link. No total apenas três a quatro pessoas têm o link.

Já alguma vez pediste conselhos a outro blogger?

Sim, especialmente na parte do layout do blog e coisas do género, embora não mude o meu layout há imenso tempo, primeiro por falta de jeito e depois por falta de tempo!

Lembras-te perfeitamente de todos os layouts que o teu blog teve?

Deste sim, porque nunca lhe mudei o layout, do meu blog anterior não porque ainda teve alguns!

Que opinião achas que as pessoas têm do teu blog?

Muito honestamente não faço a mínima ideia, mas era uma coisa que eu gostava de saber. O que é que vocês acham do meu blog?

 

Não sei se já fizeram ou não o desafio, de qualquer das formas vou passar:

Maria

Silver Sky

Twilight_pr

Pipa

Bang Bang girl

 

Post scriptum:

  Criei uma página de facebook para o blog, ainda está em fase de construção, mas passem por lá!! Aqui fica o link 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

counter

Podes encontrar-me em:

Follow