Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

02
Jan15

memoires

2015

Foi mais ou menos à um ano que eu vi este post, no blog Sweet Stuff e inspirou-me. Arranjei o meu jarro, decorei-o de uma forma bonita e a partir dai foi começar a por lá os meus post it's de mil e uma cores com as memórias,  os pensamentos e as pequenas coisas do dia-a-dia, que fazem o nosso coração derreter. No início deste novo ano, foi altura de rever as notas que fui colocando no meu jarro e relembrar os melhores momentos de 2014, uma experiência a repetir novamente este ano e que recomendo a todos!!

Queria desejar a todos os leitores um excelente ano de 2015, beijinhos.

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

counter

Podes encontrar-me em:

Follow