Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

16
Ago15

O pátio das cantigas

 

Ontem foi dia de cinema e de jantar fora com as primas. Saímos ao final da tarde de casa e fomos até ao cinema mais próximo de nós, fomos ver o tão famoso: Pátio das cantigas. Para quem não viu recomendo vivamente, é daqueles filmes que merecem ser vistos no cinema, rodeado dos amigos/família, de pipocas e muitas gargalhadas, para além do mais não nos podemos esquecer que é um filme português e com excelentes atores no elenco, ou seja, só coisas boas. No final do filme fomos jantar, e claro está que continuamos a falar do filme e daqueles momentos mais bizarros e cómicos e claro da brilhante prestação da Sara Matos, o raio da miúda canta, dança representa e como se não bastasse é gira que se farta! O jantar foi uma das minhas coisas favoritas: francesinha, que estava óptima óptima por sinal e com isto lá se foi o dia de ginásio! O filme foi bom, o jantar foi bom e a companhia não podia ser melhor!

E vocês já viram o filme? O que acharam?

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

counter

Podes encontrar-me em:

Follow