Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

08
Abr16

O terrível medo de dar informações...

Uma das piores coisas que me podem pedir é informações para chegar a qualquer sitio, não é por mim, mas por vocês (ou melhor pelas pessoas que precisam de chegar a algum sitio e me têm a mim como guia!), passo a explicar: eu sou horrível a dar indicações, na maioria dos casos quando alguém me aborda costumo chamar a minha mãe ou a pessoa que estiver comigo para me dar uma ajudinha!

A situação é a seguinte, das minhas amigas eu sou aquela que melhor fala inglês, daí que quando alguém nos pergunta se falamos inglês elas muito prontamente se viram para mim! Agora pensem comigo, eu já sou má a dar indicações em português, agora imaginem eu a dar indicações em inglês, muito melhor não é? Agora imaginem que para além de ter de dar informações em inglês me pedem por indicações no preciso momento em que acabei de por comida à boca, melhor, certo? Mas melhor do que dar indicações a pessoas é ter de o fazer a pessoas diferentes num espaço de 5 minutos e em inglês! Life doesn't get any better than this, does it?

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

counter

Podes encontrar-me em:

Follow