Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Na outra margem da memória

"I don't think we did go blind, I think we are blind, Blind but seeing, Blind people who can see, but do not see.” José Saramago, Blindness.

15
Out17

ai o tempo...

Ultimamente a minha gestão de tempo tem ido por um canudo abaixo, não consigo fazer basicamente nada a partir do momento em que chego a casa. Costumo chegar do laboratório por volta das sete da tarde e como já disse os meus dias são uma rotina, sempre com as mesmas coisas para fazer, uma preguiça descomunal e sempre com vontade de ir dormir e livrem-me de ter uma vida social, porque ai sim fica tudo virado do avesso. Agora minha gente eu peço-vos encarecidamente os vossos sábios conselhos para arranjar um bocadinho de vontade quando chego a casa, para ler uns artigos ou escrever algo, já não peço muito, note-se... Qual a vossa rotina? Qualquer coisa ajuda, fala-vos uma pessoa à beira do desespero!

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

"Começo a conhecer-me. Não existo. Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram, ou metade desse intervalo, porque também há vida ... Sou isso, enfim ... Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor. Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo. É um universo barato. " Álvaro de Campos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow